5 novas Barragens em Portugal

O Governo Português quer construir 5 centrais hidroeléctricas no nosso país, para além de reforçar 4 das já existentes, com intenção de duplicar a sua produção. Manuel Pinho, ministro da Economia e da Inovação, disse ainda que o plano de reforço do potencial hídrico deverá ficar definido ainda este ano. Sabe-se desde já que a lista de potenciais barragens a reforçar são: Picote e Bemposta (já em curso) e Alqueva. Quanto às novas barragens, a única aprovada é a de Baixo Sabor.  A EDP está a estudar outros locais para novas barragens, no Centro e Norte do País, e reforços de potência de centrais por si exploradas. A empresa já anunciou investimentos de 2,5 mil milhões de euros para aumentar em mais de 50% a potência instalada na hídrico para sete mil MW (megawatts).

Os cinco novos projectos hidroeléctricos representam um investimento superior a mil milhões de euros, sendo que no total (novos projectos + reforços) o plano hídrico gerará um investimento superior 2,5 mil milhões de euros.

Durante a fase de construção das obras prevê-se a criação de mais de 10000 postos de trabalho.

O reforço do potencial hídrico nacional é uma das vias para a garantia de 45 % de fontes de energia renováveis no produção eléctrica em Portugal até 2010.

(Barragem do Alqueva)

Ver ainda lista de Barragens de Portugal.

Fontes:

http://dn.sapo.pt/2007/06/19/economia/governo_quer_lancar_cinco_novas_barr.html

http://dn.sapo.pt/2006/01/09/economia/cinco_novas_barragens_custar_milhoes.html

http://www.negocios.pt/default.asp?Session=&CpContentId=301696

5 Respostas to “5 novas Barragens em Portugal”

  1. Considerando que a água é um bem escasso. Considerando que todos temos consciencia (ou devemos ter) que num futuro a água vai faltar porque não chove o suficiente. Sem água não há vida. O recusro á água do mar, para ser tratada não deve fácil em termos finananceiros.
    Em minha opinião lamento, haver um andamento tão lento, para se decidir a construição de uma barragem. Estou estupefacto pela impossibilidade da construção da barragem em Foz Côa. Só uma ignorância monstruosa e falta de bom senso, bem como a inoperacionalidade do (des)governo de Portugal, podem ter ditado tal sentença de morte. Congratulo-me pela construção anunciada da barragem no Baixo Sabor. É pouco em minha opinião!.

  2. eu acho que o governo faz bem por construir estas barragens.mas tambem acho que devem dar opurtuninade aos animais.

  3. Manuel dos santos Says:

    Podiam construir mais duas barragens. Uma em Sacavém à cota 150 e outra em Gondomar/Gaia no douro à cota 200. Afundar Porto e Lisboa para ter uma reserva de água parece-me muito bem…afinal de contas não é isso que o senhor Jorge defende? Siga lá!

    • Carlos Ferreira Says:

      Aos poucos vamos matando toda a beleza em Portugal nao esquecendo que vive-mos o ano 2012 por favor nao matem a historia de TODOS OS PORTUGUESES!! Tanto o norte como o sul nao precisam de barragens mas sim de gente inteligente no governo que saibam como resolver todos os problemas do nosso querido Portugal,hoje em dia existem mil e uma maneiras de resolver qual quer que seja o problema seja electricidade seja o que for nao falta jovens portugueses super inteligentes muitos deles galardoados no estrangeiro que certamente saberiam como ajudar a resolver certo problemas que infelizmente para muitos politicos o resolvem gastando milhares de milhoes em cimento e betao e destruindo paisagens lindissimas e habitates naturaes quase unicos em Portugal !! POR FAVOR PORTUGUESES ACORDEM PARA A VIDA PENSEM NAS GERACOES SEGUINTES!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: