Archive for the Tráfego Category

mais livros gratuitos sobre engenharia

Posted in CAD, Climatização, Conservação e Reabilitação, Construção, e-books, Energia, Engenharia, Engenharia Civil, Estruturas, Geotecnia, Hidráulica, I & D, Links, Materiais de construção, Planeamento e Ordenamento, Transportes, Tráfego, Vias de Comunicação on Outubro 10, 2007 by Nelson Costa

Dado o sucesso do post que coloquei há uns tempos com um link para downloads gratuitos de engenharia civil, decidi procurar mais páginas do género e aqui vos deixo os links que encontrei:

Artikel

2020 ok

MarkTurner

pmxd

blogdigger

The Online Library of Civil & Environmental Engineering » (obrig. registo)

All4everyone (general books ; software books ; geothecnical books ; project planning books)

Intersecções bizarras

Posted in Curiosidades, Engenharia, Engenharia Civil, Transportes, Tráfego, Vias de Comunicação on Setembro 26, 2007 by Nelson Costa

Encontrei uma página com fotos de algumas das mais bizarras e confusas intersecções rodoviárias que alguma vez vi. Talvez a ideia fosse facilitar o tráfego ou proporcionar opções de saídas aos utentes mas a meu ver a única coisa que proporcionam é uma grande confusão na cabeça de qualquer pessoa que lá passe e em último caso uma viagem turística pela zona, pois o difícil será fazer algo que não seja andar ao calhas. Chamam a isto “Malfunction juncions” ou ainda “Spaghetti Intersections“. Porque será?


Tom Moreland Interchange, intersection of Interstate 85 and Interstate 285, Atlanta, Georgia, USA


The Central Motorway Junction – New Zealand State Highways 1 and 16, Auckland, New Zealand.


Mas esta intersecção em Moscovo bate todos os recordes da estranheza! Veja só o que acontece quando alguém quer virar à esquerda para a rua oblíqua. É que parece que não é permitido virar directamente à esquerda naquele cruzamento mas não acredito que não hajam inúmeras contra-ordenações!

Em Israel existem intersecções também muito interessantes. Veja só: 

Sentido Oeste:

Sentido Este:

Já agora o que dizer desta rotunda?

Fonte: http://www.darkroastedblend.com/2006/11/incomprehensible-intersections.html

Transportes públicos estão a atrair mais passageiros

Posted in Curiosidades, Engenharia, Engenharia Civil, Noticias, Transportes, Tráfego on Setembro 19, 2007 by Nelson Costa

A utilização dos transportes públicos está a aumentar depois de ter passado as últimas duas décadas a diminuir. Em termos globais, o transporte colectivo está a ganhar clientes e só não tem mais adeptos, porque “as empresas privadas do sector se preocupam mais com a vertente económica do que com a social, cortando carreiras pouco rentáveis”, acusa a Federação dos Sindicatos de Transportes Rodoviários e Urbanos (Festru).

Porto:

O Metro do Porto (MP) é um caso de sucesso. Subiu de 9,8 milhões de clientes em 2004 para 38,6 milhões em 2006 (mais 293,8%). “Mesmo depois de toda a rede concluída, a procura continua a crescer”, disse ao DN fonte da empresa, que tem uma média de 180 mil clientes em cada dia útil.

Lisboa:

O “comboio da Ponte 25 de Abril”, da Fertagus, quase duplicou de 11,6 milhões de passageiros no ano 2000 para 21,4 milhões em 2006 (mais 84,4%).

Com acréscimos significativos também está o Metropolitano de Lisboa, que subiu de 179,7 milhões de utentes em 2004 para 185,4 milhões em 2005 (mais 3,17%).

Em recuperação entrou “há cerca de dois meses” a Carris, que opera em Lisboa com uma considerável rede de autocarros, eléctricos e elevadores.”… nos primeiros oito meses deste ano a Carris transportou 155,6 milhões de pessoas, enquanto em igual período de 2006 registou 155,2 milhões”.

C.P. : 

O número de utilizadores também está a aumentar, tendo sido transportadas em 2006, na rede ferroviária nacional, 135,2 milhões de pessoas. Os maiores crescimentos registaram-se nas linhas urbanas do Porto, onde viajaram 18 milhões de passageiros em 2006, ou seja, mais 1,5 milhões do que no ano anterior (mais 9%). A rede urbana de Lisboa serviu 97 milhões de pessoas em 2006, o que significa mais um milhão de utentes do que em 2005.

A mesma fonte salienta que “em 2005 começou o processo de recuperação de utentes da CP, que nas últimas duas décadas tinha estado sempre a perder clientes”.

Porque motivo os transportes públicos (TP) não são mais usados? 

Vítor Pereira, dirigente da Festru, considera que os TP “não oferecem qualidade nem quantidade suficiente para que as pessoas abdiquem do seu transporte individual”.

“As empresas retiram carreiras e alteram horários, aumentam significativamente o tarifário e deixam ficar muitas populações isoladas sem TP. Em alguns locais, é preciso recorrer a táxis para os alunos irem à escola e depois voltarem”, denuncia o sindicalista. Adianta que, “muitas vezes, só há uma carreira de manhã para ir e outra ao fim da tarde para voltar”.

Critica o Estado, “porque atribui concessões às empresas de TP, mas depois não as fiscaliza eficazmente para as obrigar a cumprir o que ficou estabelecido no contrato”.

Fonte (texto parcialmente retirado de):

http://dn.sapo.pt/2007/09/19/cidades/transportes_publicos_estao_a_atrair_.html