Archive for the Vídeos Category

Primeiro Homem Engenheiro

Posted in Construção, Engenharia, Engenharia Civil, Links, Vídeos on Maio 29, 2008 by Nelson Costa

Anúncios

Dolce Vita Tejo: mega shopping

Posted in Arquitectura, Construção, Engenharia, Engenharia Civil, Estruturas, Grandes Obras, Vídeos on Março 17, 2008 by Nelson Costa

Após a nomeação em Dezembro de 2007 do Dolce Vita Porto como o Melhor Centro Comercial do Mundo (e no ano anterior do Dolce Vita Coimbra), o Grupo Amorim encontra-se agora em fase de construção do Dolve Vita Tejo, um mega projecto de destaque internacional.

Entrada do Dolce Vita Porto

Quanto ao novo Dolce Vita Tejo, é uma obra que rondará os 200 milhões de euros, terá uma área de 122000 m^2 e parque para 9000 veículos.

A fase de estruturas está a cargo do Consórcio Mota-Engil Engenharia e Construção e Somague Engenharia. O valor global apresentado para esta fase é de 43.720.000,00€ sendo o prazo de execução de 350 dias de calendário.

As principais tarefas a executar implicam a movimentação de 96.000m3 de terras, o uso de 193.000m3 de betão, 627,990m2 de cofragem e 24.469ton de aço em armaduras. Para a execução da obra e no apoio às frentes de trabalho, o estaleiro industrial tem como principais componentes as seguintes infra-estruturas:

  • Duas centrais de betão instaladas em obra com capacidade de fabrico de 100 m3/h e 50 m3/h;
  • Dois estaleiros de fabrico de armaduras para betão em complemento à moldagem em fábrica exterior;
  • Dezassete gruas torre com lanças de 55/60 m com capacidade de carga à ponta de 1.500 a 2.000 kg;
  • Gruas móveis;
  • Equipamento de movimentação de terras e escavação, assim como instalações sociais e redes provisórias de abastecimento de água, esgotos e electricidade para o perfeito funcionamento do estaleiro.
Galeria de fotos:
Fotos
Plantas:
Piso 0
Piso 1

Vídeo:

O Dolce Vita Braga, com abertura prevista em Outubro de 2009, será outro dos empreendimentos do Grupo abrangendo uma área de 75000 m^2, 165 lojas e 2750 lugares de estacionamento.

Página do Dolce Vita:

http://www.dolcevita.pt

Engineering gone wrong

Posted in Construção, Curiosidades, Engenharia, Engenharia Civil, Estruturas, Vídeos on Março 6, 2008 by Nelson Costa

Ficou visto que nem sempre tudo corre pelo melhor em engenharia. Como é dito no vídeo nós puxamos os limites e aí a probabilidade de algo errado acontecer é maior. Claro que nem todos os acontecimentos aqui demonstrados derivam de erro de engenharia ou de construção, no entanto, esta pode ajudar a minimizar estes acontecimentos ou pelo menos a severidade deles. Fica aqui a chamada de atenção, principalmente para a consideração no projecto de estruturas da acção sísmica e do vento, que muito geralmente são esquecidas.

De destacar ainda o grande final que apesar de cómico, pode vir a tornar-se uma realidade em Portugal com a adopção do novo RJUE. Mas não podemos ser pessimistas, há que confiar que todos os portugueses têm os conhecimentos suficientes e o discernimento para fazer obras em sua casa por conta e risco, sabendo distinguir se se tratam de elementos estruturais ou não, entre outras coisas.

Ponte de Millau

Posted in Construção, Engenharia, Engenharia Civil, Estruturas, Grandes Obras, Vídeos on Fevereiro 29, 2008 by Nelson Costa

Célebre por ser a ponte mais alta alguma vez construída pelo Homem, esta construção é sem dúvida alguma um enorme feito de Engenharia. Apesar de já estar aberta ao público desde o final de 2004, as suas imagens continuam a maravilhar. Vejam a seguinte apresentação que me foi enviada hoje por um amigo.

pontemaisaltadomundo.pps

Já agora ficam aqui também uns vídeos:

Importância da impermeabilização

Posted in Conservação e Reabilitação, Construção, Engenharia, Engenharia Civil, Estruturas, Materiais de construção, Vídeos on Outubro 11, 2007 by Nelson Costa

Apresento aqui um vídeo do Instituto Brasileiro de Impermeabilização sobre a importância da aplicação de materiais impermeabilizantes nas construções e onde se devem usar.

Fonte: http://engenhariacivilnanet.blogspot.com/

Burj Dubai já é o maior edifício do mundo

Posted in Arquitectura, Construção, Curiosidades, Engenharia, Engenharia Civil, Estruturas, Grandes Obras, Noticias, Tecnologia, Vídeos on Setembro 15, 2007 by Nelson Costa

A maior cidade dos Emirados Árabes Unidos, Dubai, movida pelo poder das baixíssimas taxas fiscais e comerciais, sede de um dos portos mais movimentados da Ásia, possui o maior prédio do mundo, desde a última quinta-feira (13 Setembro 2007).

Ainda em construção, o Burj Dubai (Torre de Dubai), com os atuais 555 metros de altura, ultrapassou em 2 metros a CN Tower, situado em Toronto, Canadá, após ter superado arranha-céus mais alto do mundo da atualidade, o Taipei 101. A obra, da empreiteira Emaar Properties, não tem ainda dados divulgados de altura final e número previsto de andares e o projeto é mantido em segredo desde seu lançamento, em 2004 (acredita-se que terá entre 700 e 800 metros, tornando-se também a estrutura mais alta do mundo, ultrapassando assim a Torre da KVLY-TV, com 628,8 metros). O edifício, de propriedade da empresa Samsung, tem um custo estimado em 8 biliões de dólares e inauguração prevista para o início de 2009.

Características:

O Burj Dubai foi desenhado por Skidmore, Owings e Merrill, que também desenharam as Sears Tower em Chicago e a Freedom Tower em Nova Iorque, entre outros famosos edifícios. O interior será decorado por Giorgio Armani. Um Hotel Armani (o primeiro deste tipo) vai ocupar os primeiros 37 andares. Do 45º ao 108º andar haverá cerca de 700 apartamentos privados em 64 andares (que, segundo o responsável, foram vendidos em oito horas). As corporações e as suítes completarão a maior parte dos andares restantes. Também deverá ter o elevador mais rápido, a 18 m/s (65 km/h, 40 mph). Atualmente, o elevador mais rápido do mundo encontra-se no Taipei 101, Taipei, Taiwan, a 16,83 m/s (60,6 km/h, 37,5 mph).

O Burj Dubai deverá incluir 30 mil residências, nove hotéis, seis acres de parque, dezanove torres residenciais e doze hectares ao redor. Quando completa, a torre vai cobrir uma área total de dois milhões de m² de desenvolvimento.

Progresso:

Em 26 de Maio de 2007, uma foto tirada pelo fotógrafo Imre revelou que o Burj Dubai possui 129 pisos, o que equivale a 464 metros de altura, e superou as Petronas Towers (452 m). Em Julho de 2007 ultrapassou o Taipei 101 (508 m) por 4 metros de diferença, convertendo-se no mais alto edifício do mundo. Também o Burj Dubai já rompeu o recorde da estrutura de cimento mais alta do mundo, que era de 447 metros de altura, este pertencente à CN Tower (com o total de 553 metros) em Toronto, no Canadá. A estrutura de cimento do Burj Dubai medirá no mínimo 586 metros.

Foto: Burj Dubai em 9 de agosto de 2007

Curiosidades:

  • O Burj Dubai terá um posto de observação a 442 metros de altura.

  • A quantidade de janelas de vidro que vão ser colocadas no Burj Dubai daria para fechar 17 estádios de futebol e 25 de futebol americano.

  • A quantidade de energia elétrica usada no Burj Dubai é equivalente ao gasto de 360 000 lâmpadas de 10 watts ao mesmo tempo.

  • O Burj Dubai terá o peso equivalente de 100 000 elefantes.

  • O Burj Dubai necessitará de 964 000 litros de água por dia.

  • A antena do Burj Dubai poderá ser vista a 95 km de distância.

 

Fontes:

http://folhadeseupaulo.blogspot.com/2007/09/burj-dubai-j-o-maior-edifcio-do-mundo.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Burj_Dubai

Futurista: Edifício com pisos rotativos auto-sustentável

Posted in Ambiente, Arquitectura, Construção, Engenharia, Engenharia Civil, Grandes Obras, Tecnologia, Vídeos on Setembro 14, 2007 by Nelson Costa

 Se ainda não ouviu falar, espante-se com este edífício que é pretendido construir, imaginem onde, na terra das loucuras construtivas, o Dubai. Este edíficio, apesar de não ser nenhum candidato a recordista mundial em altura, é sem dúvida, um projecto arrojado e fascinante. O edifício possuirá 68 pisos e custará qualquer coisa como $330 milhões de dólares, isto se alguma vez for construído.

Mas então como funciona o sistema rotativo do edifício e com que propósito?

Segundo a ideia do Arquitecto que o projectou, David Fisher, todos os andares terão a possibilidade de rodar 360º, mas de forma independente, o que provocará uma alteração constante na arquitectura do edifício e na vista para o exterior. Cada rotação do edifício demorará qualquer coisa como 90 minutos, logo não provocará enjoos a quem se encontre dentro dele. A ideia é que o movimento seja quase tão imperceptível como o próprio movimento da Terra, só que não tão lento. Cada piso será construído como um “donut” e apegado ao núcleo central, onde se encontram elevadores, escadas de emergência, entre outros. Entre cada piso, haverá espaço suficiente para colocar turbinas eólicas que gerarão energia para todo o edifício e portanto impulsionarão a rotação do mesmo, e ainda produzirão energia excedente para alimentar alguns prédios vizinhos.

 

 

Fontes:

http://online.wsj.com/public/article/SB117625795099465923-WFaTx4FSsy1oW4x8lS4eK1518io_20070418.html?mod=regionallinks

http://www.mydigitallife.info/2007/05/25/futuristic-rotating-tower-skyscraper-in-dubai/